Calendário Astronômico

Texto: Irineu Gomes Varella
Criado em: 1996 - Ultima atualização: 28 de dezembro de 2009

 
Nascer, Passagem Meridiana e Ocaso do Sol e da Lua
 
 
1. Nascer, Passagem Meridiana e Ocaso do Sol
 

Os horários do nascer e do ocaso do Sol são dados em tempo legal da localidade e referem-se, respectivamente, ao aparecimento e ao desaparecimento de sua borda superior, isto é, o instante em que a borda solar mais próxima do zênite tangencia a linha do horizonte astronômico. Estão incluídos os efeitos da refração atmosférica (34'). A passagem meridiana refere-se ao instante em que o centro geométrico do disco solar cruza o meridiano superior do local.

 
 
 
 
2. Nascer, Passagem Meridiana e Ocaso da Lua
 
Os horários do nascer e do ocaso da Lua são, também, dados em tempo legal da localidade e referem-se, como no caso do Sol, respectivamente, ao aparecimento e ao desaparecimento de sua borda superior. Os efeitos da refração atmosférica (34') foram incluídos no cálculo dos horários. O instante da passagem meridiana da Lua corresponde ao momento que o centro geométrico do disco lunar encontra-se no meridiano superior do local.

O leitor deve, no entanto, ater-se à correta interpretação dos valores apresentados. O nascer, a passagem meridiana e o ocaso da Lua não ocorrem, em determinadas datas, na mesma ordem que para o Sol, isto é, primeiro o nascer, em seguida a passagem meridiana e depois o ocaso. Para exemplificar a correta leitura dos horários do nascer, da passagem meridiana e do ocaso da Lua selecionamos o dia 03 no calendário abaixo: nessa data, o primeiro fenômeno que ocorre é a PASSAGEM MERIDIANA da Lua, às 02:49, depois o seu OCASO, às 08:32 e, por fim, o seu NASCER às 21:51.

Em algumas situações, poderá aparecer, para um dos horários, ao invés de algarismos, a indicação " ----- ", significando que, naquela data, o fenômeno NÃO ocorre. No dia 24 (calendário abaixo) não há o ocaso da Lua. Seu nascer se dá às 14:08 e ao final do dia 24, isto é, à meia noite, a Lua ainda se encontra acima do horizonte, devendo se pôr às 00:38 do dia 25:

Quando estiver assinalado que não há o nascer da Lua é por que ele ocorreu na data anterior. A indicação "-----" para o horário da passagem meridiana significa que ao término do dia, a Lua ainda não havia alcançado o meridiano local.

     

     
 
Produção, autores e contatos

* Irineu Gomes Varella

Astrônomo. Diretor do Planetário do Ibirapuera
e da Escola Municipal de Astrofísica
de São Paulo, no período de 1980 a 2002.

Priscila D. C. F. de Oliveira

Coordenadora do Centro de Documentação Técnica e Científica em Astronomia do Planetário e Escola
Municipal de Astrofísica de São Paulo, desde 1991.

Web Designer: Irineu Gomes Varella
Ultima revisão: 28 de dezembro de 2009 - 22:50 TDF

Para receber informações sobre eventos astronômicos e uma mensagem eletrônica a cada Circular Astronômica editada,
participe do grupo informativo URANOMETRIA NOVA do Yahoo! Grupos.